sexta-feira, 30 de junho de 2017

PM PRENDE DUPLA ENVOLVIDA EM ROUBO EM VARGINHA




Nessa quinta-feira, dia 29, em Varginha, um homem foi preso e um adolescente foi apreendido por posse ilegal de arma de fogo. Vários objetos que haviam sido roubados pelos infratores nesta semana também foram recuperados.
Pela manhã, a PM recebeu informações de que um homem de 26 anos, suspeito de um roubo ocorrido no bairro Vila Mendes nessa terça-feira (27), estaria em um posto de combustível no bairro Sion, e dirigiu-se ao local para verificar a informação. Ao chegar os policiais militares depararam com um veículo Santana, conduzido pelo homem, o qual foi abordado devido atitudes suspeitas. No carro foram localizados diversos objetos eletrônicos, 12 frascos de perfumes importados e R$ 556,30 em moedas. Ao ser questionado ele confirmou a denúncia, assumindo a participação no roubo e que em sua residência estaria o restante do material roubado. A PM dirigiu-se ao endereço e localizou os demais objetos, assim como uma garrucha calibre .22, um revólver calibre .32 e uma réplica de arma de fogo. Um veículo Fiat Uno, utilizado no crime, assim como uma caminhonete S-10, que fora levada das vítimas, também foram localizados e apreendidos.
Em seguida, de posse das informações passadas pelo autor a PM dirigiu-se à residência do segundo suspeito, de 17 anos, no bairro Barcelona. Ele foi surpreendido no local com um celular, que também havia sido roubado naquela ocasião.
Ao final, ambos os infratores foram encaminhados para a Delegacia de plantão, onde ficaram à disposição da Justiça.

ENCCEJA 2017 abre inscrições no dia 07 de agosto - O programa garante diploma do ensino fundamental e médio

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) teve o edital de normas divulgado no dia 24 de julho. As inscrições abrirão no dia 07 de agosto.
O Ministério da Educação divulgou por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP as novas regras para aplicação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA 2017), que garante o diploma do ensino fundamental ou médio para jovens e adultos. Desde 2009 era o ENEM - Exame Nacional de Ensino Médio que certificava se o candidato estava apto a ter a certificação. O edital do exame sairá no próximo dia 24 de julho.
Com as mudanças, jovens a partir de 18 anos podem tentar a certificação do ensino médio e adolescentes a partir de 15 anos poderão tentar o diploma de conclusão do ensino fundamental. O ENCCEJA tem como principal objetivo construir uma referência nacional de educação para jovens e adultos por meio da avaliação de competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou nos processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais, entre outros.

Inscrição ENCCEJA

As inscrições no ENCCEJA ocorrerão de 07 a 18 de agosto de 2017, apenas pelo site do INEP - http://portal.inep.gov.br. Não será cobrada taxa de inscrição.
A participação no ENCCEJA é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos residentes no Brasil e no Exterior, inclusive às pessoas privadas de liberdade, que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada. Segundo o MEC, mais de 1 milhão de pessoas devem fazer o exame em 2017, sendo 220 mil para o ensino fundamental e 815 mil que tentarão o diploma de nível médio.
As provas do ENCCEJA 2017 terão 120 questões, sendo 30 em cada área de conhecimento - são 4 áreas - além de uma redação. As provas ocorrerão em 564 cidades de todos os estados do país no dia 08 de outubro de 2017. As cidades de realização das provas sairão junto com o edital de abertura do exame em 24/07.
O ENCCEJA 2017 terá a seguinte estrutura de avaliação:
Ensino Fundamental
- Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação;
- Matemática;
- Historia e Geografia;
- Ciências Naturais.
Ensino Médio
- Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação;
- Matemática e suas Tecnologias;
- Ciências Humanas e suas Tecnologias;
- Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
Para ser aprovado, o candidato deve atingir 50% de acertos em cada área/disciplina, incluindo a redação. Todos aqueles que tenham realizado o ENCCEJA Nacional em anos anteriores e não obtiveram média para aprovação em determinada área de conhecimento, poderão inscrever-se novamente para eliminação do componente curricular desejado, caso tenham interesse, sendo necessário, como dito anteriormente, 50% de acertos na área.
O Inep vai aplicar e corrigir as provas do Exame e os diplomas serão distribuídos pelas secretarias estaduais de educação.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

ESCOLA DO BAIRRO DAMASCO RECEBEU A 2ª EDIÇÃO DO PROJETO CÂMARA NAS ESCOLAS





A Escola Municipal Professora Maria Aparecida Abreu, no bairro Damasco, recebeu na manhã desta quinta-feira (29) o Projeto Câmara nas Escolas. 35 alunos do 6º ano do ensino fundamental tiveram a oportunidade de conhecer a estrutura e o trabalho do Poder Legislativo.
O presidente da Câmara de Varginha, vereador Zacarias Piva, acompanhado dos vereadores Buiú do Ônibus, Carlos Costa, Carlúcio Mecânico, Delegado Celso, Dudu Ottoni e Zilda Silva estiveram presentes e se apresentaram para os alunos. Participaram também do evento a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Vânia Flores, a diretora da escola, Juliene Aparecida da Silva Pires, professores e colaboradores da Câmara Municipal.
Zacarias Piva destacou a importância da participação das crianças e jovens na vida política do município, do estado e do país. “Apostamos nosso futuro na formação das nossas crianças. É na escola que damos o primeiro passo na formação do cidadão”, destacou.
Antes do encerramento das atividades, o diretor da Escola do Legislativo, Robson Almeida, explicou aos alunos como será a participação deles no Concurso Cultural Combate ao Aedes aegypti, que vai premiar as melhores ideias para o combate do mosquito. O concurso acontece em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e a melhor ideia de cada escola será premiada no mês de outubro. Ao final da visita, os alunos receberam das mãos dos vereadores a Coleção Câmara nas Escolas, uma coleção de cartilhas educativas, que tratam de diversos temas sociais, como Alimentação Saudável, Combate às Drogas, Educação Financeira, entre outros.
O projeto iniciado no dia 26 de maio é uma iniciativa da Gestão 2017 e já reuniu nas duas atividades aproximadamente 140 estudantes do 6º ano do município. Na próxima edição, em agosto, a Escola Municipal Domingos Ribeiro de Resende receberá o projeto.

  Mirella Penha  Chefe do Serviço de Comunicação   Jornalista MTB - 13314     
  (35) 3219-4757 - (35) 8815-6045   www.camaravarginha.mg.gov.br


VEREADOR CARLOS COSTA QUER INFORMAÇÕES SOBRE O SETOR DE ONCOLOGIA DO HOSPITAL BOM PASTOR

VEREADOR CARLOS COSTA QUER INFORMAÇÕES SOBRE O SETOR DE ONCOLOGIA DO HOSPITAL BOM PASTOR

O vereador Carlos Costa apresentou um requerimento, na Câmara Municipal de Varginha, solicitando ao prefeito, ao secretário de Saúde, ao diretor da Fundação Hospitalar do Município de Varginha (Fhomuv) e ao diretor do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas (CISSUL) informações a respeito do Setor de Oncologia do Hospital Bom Pastor.
Carlos Costa questiona quantas pessoas e quais cidades a Oncologia do Hospital Bom Pastor atende, seu custo mensal e a atual situação financeira do setor. Também deseja obter informações sobre os repasses dos Governos Estadual e Federal, quais medidas são tomadas para equilibrar as receitas e despesas e quais municípios estão passando valores para a Oncologia.
Segundo o vereador, a imprensa divulgou uma situação séria com relação ao Setor de Oncologia do Hospital Bom Pastor e que cabe ao Poder Legislativo a função de levantar as informações e ajudar na busca de soluções para que o setor continue seu atendimento e, se possível, possa melhorá-lo. “Os questionamentos que estou fazendo são de suma importância para que tenhamos um conhecimento da real situação financeira do setor e para que se busque alternativas através de parcerias políticas, inclusive na possibilidade de se constituir um consórcio de municípios, na busca de soluções para mais este problema”, sugeriu o vereador.
  Mirella Penha  Chefe do Serviço de Comunicação   Jornalista MTB - 13314     
  (35) 3219-4757 - (35) 8815-6045   www.camaravarginha.mg.gov.br

AGÊNCIA BANCÁRIA NO BAIRRO SION - É O QUE PEDE O VEREADOR CARLÚCIO MECÂNICO


O vereador Carlúcio Mecânico apresentou uma indicação na Câmara Municipal de Varginha solicitando que o prefeito, a Secretaria de Planejamento Urbano e a Secretaria de Governo trabalhem junto da diretoria das agências bancárias do Município, para que seja instalada uma unidade de atendimento bancário no Bairro Sion.
Ele informou que a medida beneficiará grande parcela da população urbana de Varginha, facilitando a movimentação financeira e beneficiando os moradores e comerciantes do local. “Essa medida irá atender não só os moradores e comerciantes daquela região e dos bairros vizinhos, como o Centenário e o Damasco, mas todos os munícipes, pois reduzirá o número de atendimentos diários realizados nas agências bancárias já existentes na área central. Contribuindo, desta forma, para a redução do tempo de espera e para a rapidez dos atendimentos bancários realizados em nosso Município”, explicou o vereador.

  Mirella Penha  Chefe do Serviço de Comunicação   Jornalista MTB - 13314     
  (35) 3219-4757 - (35) 8815-6045   www.camaravarginha.mg.gov.br

COLETA SELETIVA: CONFIRA AS REGIÕES CONTEMPLADAS

Você sabia que o projeto piloto de coleta seletiva vai contemplar diversas ruas e avenidas de diferentes regiões da cidade? Depois do projeto ser executado, a coleta será expandida até chegar em todos os bairros. E atenção, se seu endereço não estiver na lista, você poderá descartar materiais recicláveis no Ponto de Entrega Voluntária instalado no Via Café Garden Shopping. Clique no link e saiba onde e quando a coleta seletiva vai passar: www.varginha.mg.gov.br

Terminal Rodoviário recebe abrigos para Cães de Rua


O Projeto Manilha para animais de rua, que teve início no Terminal Rodoviário, para abrigar cães de rua, ganhou reforço esta semana, com a doação de casinhas de cachorro confeccionadas pelo CDCA junto aos alunos no Projeto "Quem ama cuida", que busca a conscientização no cuidado e proteção com os animais, sobretudo aqueles que se encontram abandonados.



CDCA
Através do projeto do CDCA serão entregues 6 casinhas, 10 tratadores e 10 caminhas de cachorro, confeccionadas pelos alunos da oficina de Marcenaria do Propac II, destinados a ativistas da causa animal que distribuirão os materiais em pontos estratégicos para acolher os animais. O projeto terá continuidade com a confecção de casinhas feitas com caixinhas de leite e sucos com os alunos. A estrutura é feita reaproveitando as embalagens que além de ser ecologicamente correta possui resistência e segurança, podendo ser feita em vários formatos, de fácil montagem e deixa o animal muito confortável.

CÂMARA NA ESCOLA ACONTECE HOJE NA ESCOLA DO DAMASCO


A Escola Municipal Professora Maria Aparecida Abreu, no bairro Damasco, é a segunda instituição a receber o projeto Câmara nas Escolas.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           
 O encontro dos vereadores com os alunos acontece hoje (29), no período da manhã. Na primeira edição, ocorrida no mês de maio, o projeto foi realizado na Escola Municipal José Augusto de Paiva.
O objetivo desse projeto, criado pela Gestão 2017 da Câmara Municipal de Varginha, é levar aos estudantes informações sobre o Poder Legislativo e ajudar na construção de uma educação cidadã, onde as crianças e adolescentes de hoje possam crescer sabendo quais são seus direitos e deveres na sociedade. “O Câmara nas Escolas surge em um momento oportuno, onde enxergamos que a única saída para o nosso país sair do caos político que existe, é a educação. Precisamos investir cada vez mais na educação para que tenhamos cidadãos conscientes e informados, pois eles são os eleitores e políticos do futuro. Essa está sendo nossa contribuição nas escolas, levar informação para nossos estudantes”, explicou o presidente da Câmara, Zacarias Piva.
Além de contar com a presença dos vereadores de Varginha, o Câmara nas Escolas também contribui com a discussão de assuntos de relevância para as crianças, com a entrega da Coleção Câmara nas Escolas. Esta coleção é composta por cartilhas educativas sobre os mais diversos temas, como: Educação Financeira, Alimentação Saudável, Meio Ambiente, Combate às Drogas e outros. Essas cartilhas distribuídas poderão ser trabalhadas pelos professores durante todo o ano letivo, de acordo com a necessidade e demanda das escolas.

Concurso cultural do Aedes aegypti
A Câmara Municipal de Varginha, por meio do projeto Câmara nas Escolas, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, também promove o Concurso Cultural de Combate ao Aedes aegypti.
Estão sendo distribuídas nas escolas fichas onde cada aluno pode colocar sua sugestão para acabar com o mosquito que tem causado tantos transtornos e é transmissor de doenças perigosas. As quatro melhores sugestões (uma de cada escola) serão premiadas no mês de outubro.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Termina na sexta-feira, 30, o prazo para o Alistamento Militar




Sexta-feira, 30, é o ultimo dia do Alistamento Militar para os jovens que nasceram no ano de 1999. 
O alistamento pode ser feito pela internet no site: www.alistamento.eb.mil.br ou presencialmente na Junta de Serviço Militar, localizada na Travessa Monsenhor Leônidas, nº 145, Centro, telefone(35) 3690-2022, 
portando Documento de Identidade ou Certidão de Nascimento, comprovante de endereço, foto 3x4 recente e CPF, 
no horário das 8h às 14h.


QUADRILHAS INSTALAM CHIP's PARA ADULTERAÇÃO DE BOMBAS DE COMBUSTÍVEL

A dica é manter sempre vigilância no consumo de combustível do seu automóvel, se notaaumento de consumo repentino, isso significa que você pode ter sido vítima de fraude.



Ficar de olho no combustível na hora de abastecer nunca foi tão importante. E a preocupação não se resume à qualidade da gasolina e do álcool: vêm aumentando as fraudes nas bombas, que marcam um volume de combustível maior que o efetivamente colocado no tanque do automóvel. O alerta é da Fecombustíveis, que reúne os cerca de 42 mil postos do país, preocupada em combater empresários inescrupulosos e, principalmente, quadrilhas que agem na adulteração das bombas de combustíveis.
Os esquemas de fraude acompanharam o avanço da tecnologia, tornando-se mais sofisticados. Especialistas em informática violam o lacre da bomba e instalam um microprocessador (chip) que altera o seu giro e, consequentemente, o valor a ser pago. De acordo com a Fecombustíveis, essa fraude costuma girar em torno de 10% do volume fornecido, ou seja, o consumidor recebe 10% a menos de combustível do que o informado na bomba. Assim, se ele colocar 50 litros de gasolina a R$ 3,572 o litro, pagará R$ 178,60 — mas receberá apenas 45 litros. Um prejuízo de R$ 17,86.
Já os ganhos de um posto médio, que venda cerca de 300 mil litros de gasolina por mês, podem passar de R$ 100 mil — considerando-se que ele cobrou, sem vender, cerca de 30 mil litros.
Piora na crise econômica
Dados exclusivos da Agência Nacional do Petróleo (ANP) apontam que, só no primeiro trimestre deste ano, em 2.764 ações de fiscalização feitas pelo órgão em postos revendedores, foram lavrados 833 autos de infração por diversas irregularidades. Destes autos, 49 se referiam a irregularidades nas bombas, ou seja, 5,9% das autuações. No mesmo período do ano passado, haviam sido detectadas 46 bombas irregulares nos postos. Ainda segundo os dados da ANP, em 2016 foram lavrados 4.009 autos de infração em postos, dos quais 172 se referiam a bombas com irregularidades na medição, ou seja, 4,3% do total.
Mas os números das fraudes são bem maiores. As bombas são lacradas e sofrem vistorias anuais do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), por meio dos Institutos de Pesos e Medidas (Ipems) estaduais. A ANP não tem autorização legal para abrir as bombas a fim de verificar se há alguma irregularidade. Nas operações de fiscalização, a agência faz os testes da bomba por meio de um balde aferidor lacrado, que tem capacidade de 20 litros. O problema é que, quando chegam os fiscais da ANP, esse mecanismo de fraude na bomba pode ser desligado por controle remoto.
Então, uma fiscalização mais rigorosa das bombas e a identificação dessas fraudes eletrônicas fica nas mãos dos Ipems. Os estados de São Paulo e Paraná têm registrado uma quantidade maior desse tipo de fraude, feita não só por empresários que agem de má-fé, mas também por quadrilhas.
De acordo com dados do Ipem de São Paulo, de janeiro a abril deste ano, em 3.844 postos fiscalizados, foram inspecionadas 46.063 bombas, das quais 2.742 foram reprovadas por irregularidades e fraudes. Em todo o ano passado, foram vistoriadas 129.473 bombas de combustíveis no estado, das quais 8.325 foram reprovadas por irregularidades. Em 2015, o total de bombas reprovadas foi de 7.241.
O Ipem do Estado do Rio também tem encontrado bombas com fraudes, mas em número bem menor. Segundo dados do Ipem-RJ, no ano passado foram identificadas entre 35 e 40 bombas fraudadas com chips, em três postos de combustíveis nos bairros da Zona Norte do Rio — Méier, Jacarepaguá, e Pilares —, de uma vistoria em cerca de 25 mil bombas em todo o estado. Este ano, no entanto, foram encontradas fraudes em 30 bombas em dois postos (em Duque de Caxias e Jacarepaguá) com adulteração eletrônica. Já nas fiscalizações realizadas pela ANP este ano, dos 49 autos de infração por fraude em bombas, 13 eram no Estado do Rio.
— É impressionante, mas parece que nos momentos de crise várias coisas pioram. A partir de 2015, sentimos uma piora nos números. Nós percebemos, principalmente em São Paulo, que, em função da crise, muitos postos foram vendidos e agora estão nas mãos do crime organizado, que usa pessoas como laranjas — afirmou Paulo Miranda, presidente da Fecombustíveis.
Ele ressaltou que o setor está em entendimento com os Ipems para que estes passem a separar os autos de infração dados a bombas que eventualmente apresentaram algum defeito daquelas que foram efetivamente fraudadas com a instalação de um chip, ou algum outro equipamento para adulterar seus resultados.
O superintendente do Ipem-SP, Guaracy Fontes Monteiro Filho, conta em detalhes como funciona o esquema fraudulento. Um chip instalado na bomba faz com que o visor desta marque mais combustível do que o que realmente está sendo colocado no tanque. Os infratores costumam fazer isso nas bombas mais utilizadas pelos consumidores, ou apenas em alguns bicos, para despertar menos suspeitas. O sistema é acionado à distância, por meio de aplicativos em celulares ou por controle remoto. Monteiro Filho explicou que, em São Paulo, as fiscalizações detectaram uma média entre 10% e 12% menos combustível do que o informado na bomba. Ele disse que às vezes o chip é instalado dentro da bomba, no pulser — equipamento que faz o giro da quantidade que está sendo colocada no tanque do automóvel. Em outras, é colocado dentro da fiação (chicote) existente entre a placa e o pulser.
— Eles variam para dificultar a sua descoberta. Não é uma coisa simples, mesmo os fiscais dos Ipems no Brasil não conseguem pegar. São poucos que conseguem identificar, por isso estamos capacitando mais técnicos do Brasil inteiro, no laboratório em São Paulo. E uma fraude da ordem de 10% a 12% do combustível é imperceptível para o motorista — disse Monteiro Filho.
Todo posto tem o balde medidor especial, lacrado pelo Inmetro, e é obrigado a fazer o teste caso algum consumidor peça. O superintendente do Ipem-SP explicou que, em geral, a pessoa que faz a fraude é alguém que já trabalhou nas fábricas ou oficinas autorizadas que consertam bombas, ou é alguém com conhecimento de eletrônica.
Em SP, ação conjunta
Para combater o crime, o estado de São Paulo acaba de sancionar uma lei para cassar a inscrição estadual dos postos que forem pegos com fraudes nas bombas. O Ipem-SP criou, no fim do ano passado, a operação Olhos de Lince, feita em conjunto com outros órgãos, como a Secretaria estadual de Fazenda, o Procon, a Polícia Civil e a ANP.
— Acredito que esse tipo de fraude esteja espalhado pelo Brasil, não é restrito a São Paulo, já se detectou no Paraná — destacou Monteiro Filho.
O Sindicom, que reúne as distribuidoras, lançou a campanha Combustível Legal, que reúne todos os órgãos envolvidos no combate às fraudes do setor, desde sonegação de impostos e adulteração de combustíveis à manipulação das bombas.
O presidente do Ipem-RJ, Manuel Rampini, contou que, para fazer frente à sofisticação cada vez maior dos fraudadores, os técnicos do instituto têm feito treinamentos constantes no laboratório do Inmetro em Xerém e no novo laboratório do Ipem-SP.
Rampini aconselha que os consumidores desconfiem se o preço do combustível for muito inferior ao dos demais postos. E, se forem abastecer em um posto de bandeira branca — que não é vinculado a nenhuma distribuidora —, que optem por aqueles já conhecidos, ou que peçam para testar o combustível.
— Quando tem bandeira de uma distribuidora, a própria empresa nos auxilia na fiscalização. Quando não tem bandeira, o posto compra combustível de qualquer um, fica mais complicado — afirmou o presidente do Ipem-RJ.
Necessidade de política de governo
Os setores de revenda e distribuição têm feito um esforço concentrado com órgãos de fiscalização para combater a fraude nas bombas. No mês passado, o Ipem-SP inaugurou um laboratório voltado para fraudes eletrônicas, cada vez mais sofisticadas, e treinar os técnicos na identificação dessas irregularidades.
O presidente do Inmetro, Carlos Augusto de Azevedo, disse que, como as fraudes estão evoluindo na esteira dos avanços tecnológicos, o seu combate também tem de se sofisticar, com laboratórios específicos e treinamento intensivo dos técnicos.
— A fraude nas bombas de combustíveis está em cerca de 3% a 5% do total, estimado em torno de 90 mil unidades em todo país. Hoje, as fraudes têm um grau muito grande de sofisticação. Na medida em que se aperta a fiscalização nas bombas de gasolina, eles correm para cigarros, e daí correm para a fraude nos remédios. São profissionais da fraude. É preciso ter uma política de governo para combater a fraude em todas as áreas — afirmou Azevedo.



FESTIVAL DE JUDÔ INFANTIL NO CLUBE CAMPESTRE DE VARGINHA


Foi realizado no dia 24 de junho, no clube Campestre de Varginha, o Festival de Judô infantil. O evento contou com a participação de cerca de 120 atletas com idades de 5 a 16 anos. E teve a coordenação e realização do professor da SEMEL, Prof. Lucas Correa Reis.











VEREADOR ZUÉ DO ESPORTE PEDE ILUMINAÇÃO NA QUADRA DO SION

Coleta seletiva começa em Varginha a partir do dia 1º de julho



A partir do dia 1º de julho Varginha passará contar com a Coleta Seletiva, que será iniciada em alguns bairros da cidade que foi dividida em cinco regiões, para, posteriormente, atingir 100% dos bairros.
Esta semana um carro de som estará percorrendo os bairros  a serem contemplados,  distribuindo um panfleto contendo informações das ruas e horários por onde o  caminhão da Coleta Seletiva passará. No sábado o carro de som percorreu os bairros Jardim Imperial, Carvalhos, Cruzeiro do Sul e Novo Tempo. Hoje passou pelo Parque Urupês, São Francisco, Imaculada e Jardim Ribeiro. Na terça, percorrerá o Resende, Vila Mariana e centro.
Aqueles moradores dos bairros que não estiverem na lista do projeto piloto poderão levar os materiais ao Ponto de Entrega Voluntária – PEV, instalado no Via Café Garden Shopping.
A Coleta será feira por um caminhão especial da Prefeitura, com motorista e representante da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Varginha. O transporte, o armazenamento e a comercialização serão realizados pela Cooperativa.
Vale ressaltar que as pessoas não precisam separar o vidro, do plástico ou do papel ou do metal. O importante é que esses tipos de materiais não estejam misturados com restos de comidas ou com o lixo do banheiro, por exemplo.

NÃO HÁ MAIS TOLERÂNCIA DE 10 MINUTOS NA ÁREA AZUL EM VARGINHA


Decreto 7507/2015 passa a ser cumprido na íntegra

Todo veículo ao ocupar a vaga, deve expor o cartão do estacionamento ou
estará sujeito à multa de R$ 195,23 e 5 pontos negativos na carteira
Não haverá mais a tolerância de 10 minutos na Área Azul

Por força do Decreto n° 7507/2015 de 04 de novembro de 2015 não haverá mais a tolerância de 10 minutos em estacionamento Rotativo na Área Azul de Varginha.
 O chefe de Setor Área Azul, José Rodrigues Duarte, alerta os usuários do setor de estacionamento rotativo para a obrigatoriedade do pagamento.
 

Rodrigues explica: “para facilitar o pagamento poderão ser adquiridos talões de uma ou duas horas no escritório da Área Azul, localizado no antigo prédio da Prefeitura, na Rua Presidente Antônio Carlos, 356 – Centro, ou cartões antecipados junto aos orientadores dos setores de estacionamento”.

Alerta ainda que a multa das infrações na Área Azul para falta do cartão é de R$ 195,23 mais a perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e de R$ 295,47 menos sete pontos na CNH para estacionamento em vagas exclusivas para idosos e deficientes.


sábado, 24 de junho de 2017

PROIBIDO JOGAR ENTULHO NO ANTIGO LIXÃO DE VARGINHHA

A partir de julho, o descarte de entulho e lixo industrial no antigo lixão não será permitido. 

O mesmo vale para o aterro sanitário. 

Para descartar esses materiais de forma correta, entre em contato com a Secretaria do Meio Ambiente através dos telefones 3690-2311 e 3690-2529. 
Ou pessoalmente na rua Presidente Antônio Carlos, 356, no Centro. Acesse o site e saiba mais! www.varginha.mg.gov.br

quinta-feira, 22 de junho de 2017

PROJETO "MANILHA PARA ANIMAIS DE RUA" COMEÇA ABRIGANDO CÃES NA RODOVIÁRIA

PROJETO DANÇA ESTÁ DE VOLTA ÀS RUAS DE VARGINHA

A Semel vai voltar com as megas aulas de dança em vários bairros de Varginha.                                     Para começar na Estação Ferroviária na terça-feira, dia 27, ás 19H, com vários professores de zumba e grupos de dança. Participem!   Realização Point Fitness e SEMEL.

VARGINHA CONTINUA LIDERANDO GERAÇÃO DE EMPREGOS NA REGIÃO


O Ministério do Trabalho e emprego divulgou números do levantamento feito pelo órgão durante o mês  de maio.

 Varginha continua liderando o ranking de vagas ofertadas na região. 




 Pelo segundo mês consecutivo Varginha tem resultados positivos bem acima de Poços de Caldas e Pouso Alegre, na geração de empregos. No relatório referente ao mês de maio, divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, Varginha gerou 389 postos de serviço, destaque para o setor de agropecuária, com 372 postos. Mas ainda há índices preocupantes em Varginha, com mais demissões do que contratações nos setores de indústria, construção e comércio. No acumulado do ano, até agora, Varginha tem saldo positivo de 629 postos de trabalho.

Em Pouso Alegre o setor de indústria registrou saldo negativo na geração de empregos, mas os resultados positivos na construção, comércio, serviços e agropecuária garantiram saldo positivo de 266 postos de trabalho em maio e 503 no acumulado do ano.

Poços de Caldas tem os piores resultados entre as três maiores cidades do Sul de Minas. No mês de maio foram criados 79 postos de trabalho, com destaque para agropecuária e comércio; mas o acumulado do ano ainda mostra resultado negativo, com a extinção de 306 empregos.

(Fonte: Rádio Itatiaia)

quarta-feira, 21 de junho de 2017

DIAGNÓSTICO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR FOI APRESENTADO À POPULAÇÃO





Na segunda-feira, 19, a Prefeitura de Varginha, em parceria com a empresa Myr Projetos Sustentáveis de Belo Horizonte, apresentou à população o diagnóstico que irá subsidiar o novo Plano Diretor da cidade, abordando a situação atual de temas essenciais para o desenvolvimento do município, como Meio Ambiente, Saúde, Educação, Esporte, Lazer, Assistência Social, Transporte, Logística Urbana, Energia Elétrica, Telecomunicações, Economia, Cultura, Café, Turismo, Habitação e Planejamento Territorial.

O diagnóstico é resultado de pesquisas desenvolvidas junto aos acervos disponíveis da administração, e da sistematização de informações extraídas por meio de metodologias participativas denominadas Leituras Técnicas e Leituras Comunitárias, realizadas neste semestre com diferentes públicos e em diversos locais de Varginha.
 A apresentação foi realizada pelos técnicos da Myr Projetos Sustentáveis, Marina Guimarães e João Porto. As informações estarão disponíveis ao púbico no www.planodiretordevarginha.com.br. ou pelo e-mail planodiretor@varginha.gov.br, com a equipe técnica responsável pelo Plano.

Presente da Audiência Público, o vice-prefeito Vérdi Melo, coordenador Geral da Comissão de Revisão do Plano Diretor, destacou a importância da Audiência, “uma reunião bastante proveitosa, onde os representantes da Myr, de forma simples e didática resumiram o diagnóstico de maneira convincente. Uma oportunidade em que foram colhidas sugestões do público presente, que agora serão trabalhadas pela Comissão”.

Além de Vérdi, participaram da audiência os secretários de Governo, Carlos Honório Ottoni Junior, de Meio Ambiente, Joadylson Ferreira, de Indústria, Pedro Gazzola, de Saúde, Mário Terra e de Planejamento, José Manoel Magalhães Ferreira, juntamente com os vereadores Josué Campos Narciso (Zué dos Esporte), Anderson Firmino (Buiú dos Ônibus), Calos Lúcio Ferreira (Carlúcio), Celso Ávila Prado (Delegado Celso), Eduardo Benedito Ottoni Filho (Dudu Ottoni) e José Alencar Faleiros.

Iniciado no final do ano passado o processo de revisão do Plano Diretor foi uma iniciativa da Prefeitura de Varginha em sintonia com as diretrizes do Estatuto da Cidade (Lei Federal nº 10.257/2001), que institui a importância e a obrigatoriedade da elaboração e atualização do Plano Diretor Participativo para todas as cidades brasileiras com mais de 20 mil habitantes. A partir desse contexto, o Plano torna-se a Lei Municipal criada para organizar o crescimento do município e planejar o futuro da cidade, tanto para as áreas urbanas como para as áreas rurais.

Realizada de forma técnica, dinâmica e democrática, a parceria entre a Administração Municipal e a Myr Projetos Sustentáveis tem como objetivo identificar as principais vocações do Município de Varginha frente aos acontecimentos recentes; pontuar os desafios existentes diante do cenário atual, sejam eles sociais econômicos ou urbanísticos, e propor ações estratégicas de curto, médio e longo prazo, considerando as insuficiências e potencialidades locais. Segundo Marina Paes de Barros, socióloga e demógrafa que compõe a equipe de Belo Horizonte, "Políticas complementares como a fiscalização efetiva, a educação ambiental, patrimonial, dentre outras, devem ser consideradas como articulações constantes. Só assim se tornará viável o pleno estabelecimento das diretrizes a serem estabelecidas pelo Plano Diretor".

Além de revisar a última versão do documento existente, a equipe de elaboração do Plano Diretor deverá propor adequações às leis que o acompanham como a Lei de Perímetro Urbano; a Lei de Uso e Ocupação; a Lei de Parcelamento do Solo; o Código de Obras; o Código de Posturas; o Código de Meio Ambiente e o Plano de Mobilidade. Para o Secretário Municipal de Planejamento, José Manoel Magalhães Ferreira "é fundamental atualizar e disseminar as informações sobre a realidade do município para que todo o planejamento possa ser feito de acordo com as prioridades e necessidades da população. Nessa perspectiva, a atualização do amparo legal é essencial".

Com a finalização do Diagnóstico, a equipe responsável pelo Plano Diretor passa a ter o subsídio suficiente para a construção do novo documento, assim como definir as adequações legais necessárias a serem propostas às normativas municipais vigentes.

Atividades Internas sobre o Plano Diretor
Passada a apresentação do Diagnóstico do Plano Diretor ao Público presente no Teatro Capitólio, tiveram início na sede do Propac II, na terça-feira, 20, as atividades internas com os Secretários Municipais.

20/06 (Terça-feira)
Tema: Mobilidade e Planejamento Territorial
Públicos/ Secretarias: Planejamento; Obras; Meio Ambiente; Fazenda; Indústria.

21/06 (Quarta-feira)
Tema: Meio Ambiente
Públicos/ Secretarias: Agricultura; Planejamento; Obras

Tema: Atividades Econômicas
Públicos/Secretarias: Planejamento; Fazenda; Indústria; Turismo; Fundação Cultural

22/06 (Quinta-feira)

Tema: Políticas Públicas

Públicos/ Secretarias: Educação; Saúde; Assistência; Segurança; Fundação Cultural 
Fonte: ASSCOM/PMV